Curiosidades

Alguns idiomas são construídos em vez de evoluírem como parte cultural de um povo. Por diversas motivações, linguistas e curiosos se dedicam a criar e desenvolver línguas artificiais, com gramática e vocabulário elaborados – nos Estados Unidos, existe inclusive a Sociedade de Criação de Línguas, que reúne interessados em idiomas artificiais. Essas línguas podem ser […]

Idiomas inventados: eles existem!

Alguns idiomas são construídos em vez de evoluírem como parte cultural de um povo. Por diversas motivações, linguistas e curiosos se dedicam a criar e desenvolver línguas artificiais, com gramática e vocabulário elaborados – nos Estados Unidos, existe inclusive a Sociedade de Criação de Línguas, que reúne interessados em idiomas artificiais. Essas línguas podem ser utilizadas para códigos secretos, experimentos lógicos ou meramente para o entretenimento. Conheça algumas delas:

Esperanto
É a língua artificial mais falada no mundo. Foi criada pelo médico Ludwik Lejzer Zamenhof e teve sua versão final publicada em 1887. Tinha como intuito possibilitar uma comunicação universal efetiva e de fácil aprendizagem, em uma língua que não pertencesse a nenhuma nação específica. Embora não tenha alcançado seu objetivo, é estimado que cerca de 1 milhão de pessoas falem esperanto ao redor do planeta.

Klingon
Idiomas artificiais também são desenvolvidos para as telas da TV e do cinema. O mais famoso deles é o klingon, falado pelos alienígenas da saga Jornada nas Estrelas. Foi criado pelo linguista americano Marc Okrand especialmente para a série de TV. Em 1992, fãs fundaram o Instituto da Língua Klingon, organização sem fins lucrativos que organiza publicações e eventos dedicados ao idioma alienígena.

Quenya e sindarin
O mundo élfico de J. R. R. Tolkien também tem seus próprios idiomas. O quenya e o sindarin foram criados por Tolkien e aparecem nos livros e filmes das sagas O Senhor dos Anéis e O Hobbit. São praticados por fãs e, na internet, há cursos e apostilas para aqueles que desejarem aprender os dialetos dos elfos.

Dothraki
Outro idioma artificial de grande sucesso é o dothraki, falado pelo Povo Nômade da série Game of Thrones. Foi desenvolvido pelo linguista David J. Peterson para a versão televisiva da saga, a partir das poucas frases que aparecem nos livros de George R. R. Martin. Apesar de ser um dos idiomas artificiais mais recentes, há muitos sites que disponibilizam conteúdo para que os entusiastas da nova língua possam treiná-la.

Ver todas as curiosidades
);