Curiosidades

Muita gente se pergunta como funciona a tradução simultânea e se ela é igual à tradução consecutiva. Na realidade, apesar dessas duas modalidades de tradução serem utilizadas em eventos, há grandes diferenças entre elas. A principal é que a tradução simultânea exige o uso de equipamentos, enquanto que a tradução consecutiva não tem essa necessidade. […]

Como funciona a tradução simultânea e quais equipamentos são utilizados

Muita gente se pergunta como funciona a tradução simultânea e se ela é igual à tradução consecutiva. Na realidade, apesar dessas duas modalidades de tradução serem utilizadas em eventos, há grandes diferenças entre elas. A principal é que a tradução simultânea exige o uso de equipamentos, enquanto que a tradução consecutiva não tem essa necessidade. A tradução consecutiva pode ser realizada por apenas um intérprete, que fica ao lado do orador ou apresentador e traduz a mensagem em partes, sempre depois que o interlocutor fala. Por isso, as duas pessoas nunca falam ao mesmo tempo e, consequentemente, isto toma aproximadamente o dobro do tempo previsto e não permite uma fluência natural em uma apresentação.

Por outro lado, a tradução simultânea promove a comunicação entre quem fala e sua audiência de modo contínuo e natural. Assim, todos os participantes usam fones e recebem a tradução por meio destes. Além disso, eles podem se expressar em diversas línguas diferentes, com um tradutor para cada uma delas. Assim, a tradução simultânea possibilita que um público multilíngue se comunique, sendo muito adequada a eventos como palestras, cursos, workshops, congressos e simpósios. Ela permite a tradução de materiais multimídia e não interfere na duração do evento, pois o intérprete fala ao mesmo tempo que o orador.

A tradução simultânea exige a utilização de equipamentos específicos: os intérpretes ficam em uma cabine de som, de onde fazem a transmissão do conteúdo para a plateia, que tem receptores conectados a fones de ouvido. A ProWords tem todo o equipamento necessário para cabine e receptores – transmissores, centrais de intérpretes e aparelhos de sonorização –, além de pessoal técnico especializado para operar os instrumentos. Por ser uma modalidade intensa, que demanda atenção constante e com poucas pausas, em geral a tradução simultânea é feita por dois intérpretes que se revezam durante um evento de duração de, por exemplo, seis horas.

Quer saber mais sobre o mundo da tradução? Leia estes textos em que exploramos outros aspectos da profissão:

https://prowords.com/noticias/tradutores-x-interpretes-qual-diferenca/

https://prowords.com/noticias/traducao-juramentada-e-traducao-simples-quais-as-diferencas/

Ver todas as curiosidades
);